Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Mobilidade Urbana prepara esquema para a Brasil Offshore

Equipes vão estar posicionadas em pontos estratégicos para orientar e fiscalizar o trânsito até o local da feira

Em 12/06/2015 às 17h35


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Para orientar os condutores sobre como chegar ao local, serão colocadas 140 placas em pontos estratégicos Para orientar os condutores sobre como chegar ao local, serão colocadas 140 placas em pontos estratégicos
Faltam 11 dias para o início da 8ª edição da "Brasil Offshore - Feira e Conferência da Indústria de Petróleo e Gás", terceira maior do mundo nesse segmento. E para garantir o acesso dos visitantes e expositores até o Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, no São José do Barreto, a secretaria de Mobilidade Urbana montou um esquema especial. 

De acordo com o subsecretário de trânsito, Itacir Indicatti, além do efetivo normal, que será mantido nas ruas, para o evento estão sendo disponibilizados 30 agentes por dia, que irão atuar orientando os motoristas e também fazendo a fiscalização. Essas equipes vão contar com quatro viaturas, quatro motocicletas, três painéis eletrônicos e 140 placas informativas, sendo 70 delas rígidas e 70 banners. 

"Nós também vamos colocar três barracas de 2x2 em três localidades: em frente ao Fórum, na RJ-168, para quem vem da BR-101, e duas na RJ-106, uma próximo ao Parque de Tubos e outra na altura do Bairro da Glória. Nelas os motoristas vão poder saber, em tempo real, qual a melhor rota e o itinerário. O objetivo é garantir que todos consigam chegar com tranquilidade até o local do evento", explica. 

Para a saída, por motivos de segurança, a Mobilidade Urbana vai direcionar o trânsito pela RJ-106 (Barra de Macaé). Os agentes vão estar localizados nas rotatórias, na entrada da Nova Holanda e na descida da Ponte Engenheiro Ivan Mundim para garantir que o fluxo siga, mesmo que de maneira mais lenta. Vale ressaltar que no período da noite, os semáforos vão estar funcionando em alerta intermitente. 

"Decidimos fazer isso na saída por questão de segurança, pois existe a possibilidade da pessoa pegar uma rota diferente do seu itinerário ou se deparar com animais na pista, além de outros fatores. Na última edição tivemos casos desses tipos, então resolvemos concentrar a nossa equipe em um ponto só e direcionar os condutores por esse itinerário. Claro que se a pessoa quiser, ela poderá pegar as outras alternativas", informa Itacir. 

Apesar de todo o esquema montado, o secretário de Mobilidade Urbana, Evandro Esteves, ressalta que é importante a colaboração de todos durante os quatro dias de evento. "A educação no trânsito é indispensável. Os condutores devem estar atentos à sinalização e dirigir com segurança. Pedimos um pouco mais de compreensão da população local, pois a cidade vai estar mais cheia nesses dias devido a feira, recebendo uma grande quantidade de veículos de fora. Esperamos que exista essa gentileza e cordialidade no trânsito", enfatizou.

Opções de itinerários

Quem vier de Rio das Ostras, sentido Macaé, pela RJ-106, estão sendo disponibilizados duas opções de rota: (Via Linhas Verde e Azul) Rodovia Amaral Peixoto - entrada no Bairro da Glória para a Linha Verde - Trevo das Bandeiras - Linha Azul - Trevo do Imburo - Avenida Hildebrando Alves Barbosa - Terminal Cehab - Estrada do Imburo - Ponte Velha do Barreto (próximo ao Nupem/UFRJ); (Via Centro) Rodovia Amaral Peixoto - Posto BR (Praia Campista) - Avenida Rui Barbosa - Rua Júlio Olivier - Avenida Presidente Sodré - Ponte Ivan Mundim - Rodovia Amaral Peixoto. 

Já quem vem do Trevo dos 40 (BR-101) /Cabiúnas - RJ-106 sentido Centro. Quem optar vir pela BR-101 e entrar na RJ-168 deverá seguir até o Trevo das Bandeiras - Linha Azul, ou então pegar a Linha Verde - Trevo da Aroeira - Rua Alcides Mourão - Rua Télio Barreto - Avenida Presidente Sodré (retorno no Mercado Municipal de Peixes) - Ponte Engenheiro Ivan Mundim - RJ-106.

Mais de 800 vagas de estacionamento 

Quem for à Brasil Offshore com o seu veículo particular, a organização da feira vai disponibilizar um estacionamento com cerca de 800 vagas dentro do Parque de Exposições Latiff Mussi. 

A secretaria de Mobilidade Urbana alerta sobre os estacionamentos no entorno. "Não temos como impedir isso, mas é o risco que o dono do veículo vai escolher se quer ou não correr. No estacionamento dentro do parque, ele vai estar assegurado sobre qualquer dano, furto ou roubo", explica Itacir. 

O órgão também informa que no entorno do Centro de Convenções, principalmente na entrada, não será permitido o estacionamento. "A parte da frente será destinada como área de serviço para as viaturas, embarque e desembarque e também para os táxis. No caso dos ônibus e vans de fretamento, eles terão que deixar os passageiros na baia da linha de ônibus do transporte municipal, em frente ao Parque de Exposições, e depois serão obrigados a procurar algum local adequado para estacionar. A nossa orientação é que eles aguardem na Avenida Quissamã, no Lagomar, até o chamado para buscá-los", diz o subsecretário. 

Ônibus e táxis ganham reforço 

Para quem optar por ir de táxi ou ônibus, também terá reforços para atender o aumento na demanda. No caso do transporte público, a SIT vai colocar mais coletivos da linha regular que saí do Terminal Central. 
Já os táxis, a secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnológico e Turismo, ressalta que já foram credenciados 82 veículos que atuam no município para trabalhar no dia da feira. Eles fazem parte do Programa ‘Bem Receber’, que visa qualificar os profissionais de diversos setores que atenderão aos turistas de negócios durante o evento.

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:


publicidade