Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Bope ocupa Malvinas e fiscaliza acessos da cidade

Operação que visa o extermínio da criminalidade conta com o apoio das equipes da PM, Batalhão de Choque, Polícia Civil e Polícia Federal

Em 08/11/2013 às 12h59


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Neste exato momento Macaé está ocupada pelo BOPE (Batalhão de Operações Especiais) e pelo BPChoque( Batalhão de Choque). Participam da operação que teve início ás 3h30 da madrugada de hoje, policiais do Batalhão de Ações com Cães (BAC), todas as equipes da 1ª Companhia da Polícia Militar (Macaé) e mais de 100 militares deslocados de outros municípios como Rio das Ostras e Casimiro de Abreu. As polícias Civil e Federal apoiam a operação. O cerco está fechado nas entradas e saídas da cidade, no Centro e nas comunidades.  Na Malvinas, Nova Holanda e Nova Esperança, 15 homens do BOPE e outro 15 do BPChoque se dividem em incursões buscando a captura de envolvidos no tráfico de drogas.

Até agora três menores apreendidos, entre eles um que já possui cinco passagens pela polícia, sendo uma delas por homicídio. Com um deles foi apreendida uma pistola 9mm. Um homem de 23 anos foi preso e outro menor foi apreendido após fugirem nadando pelo mangue da Malvinas. Eles foram presos na beira do rio próximo ao bairro Boa Vista, em uma ação conjunta entre a Polícia Federal, Serviço Reservado da Polícia Militar (P2) e dos Grupamentos de Ações Táticas (GAT I e II).

Com eles foram encontrados dois radiotransmissores, uma caderneta com anotações do tráfico e R$ 1.485 em espécie. Homens do BPChoque estão neste momento na Avenida Rui Barbosa, no Centro, próximo ao supermercado Econômico revistando carros e motocicletas. Blitzen de trânsito estão sendo realizadas na descida da ponte Ivan Mundim, na Barra de Macaé e na Rua Vereador Abreu Lima, também no Centro.

 

Breve mais informações.

Autor: Bertha Muniz/ berthamuniz@odebateon.com.br

Foto: Sylvio Savino


    Compartilhe:


publicidade