Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Vancouver, o paraíso do Canadá

Em 30/07/2008 às 21h23


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

As atrações de Vancouver incluem as paisagens cêni As atrações de Vancouver incluem as paisagens cêni

Hoje vamos conhecer um pouquinho de Vancouver, no Canadá, cidade localizada na Província Britânica, na costa do Pacífico. Com cerca de 550 mil habitantes comprimidos em 113 quilômetros quadrados, Vancouver possui a segunda densidade populacional mais alta entre qualquer grande cidade na América do Norte, só perdendo para Nova Iorque. Vancouver é a sexta cidade mais populosa do Canadá, embora sua região metropolitana seja a terceira mais populosa do país, menor apenas do que as regiões metropolitanas de Toronto e Montreal.

O clima relativamente ameno no inverno e morno no verão, bem como as paisagens naturais e os seus diversos parques, praias e outros locais de recração, fazem da cidade um importante pólo túristico do Canadá. Vancouver é considerada por muitos como uma das melhores cidades do mundo para ser viver em (em numerosas pesquisas, aparece em terceiro lugar, atrás apenas de Genebra e Zurique, ambas na Suíça). Em 2005 foi eleita pela revista britânica "The Economist" como a melhor cidade do mundo para se viver.

Vestígios arqueológicos indicam que povos aborígenes tenham habitado a região onde atualmente está localizado Vancouver ao menos desde 3 mil anos atrás. Os traços de diversos assentamentos em torno da cidade indicam que os aborígenes que habitavam a região possuíam um complexo sistema social.

A chegada de navios capitaneados por José Maria Narvaes da Espanha, em 1791, e por George Vancouver do Reino Unido, no ano seguinte, significaram grandes mudanças nas vidas dos aborígenes que viviam na região. O primeiro assentamento europeu de caráter permanente estabelecido na região de Vancouver foi fundada em 1862.

A cidade é cercada por água. Embora antigos documentos indicam que o número de rios e riachos cortando a região onde atualmente localiza-se Vancouver chegavam aos 50, mas atualmente, somente quatro rios cortam a região.

A qualidade do ar de Vancouver tem aumentado nas últimas décadas, graças às ações de diversos níveis de governo, bem como combustíveis mais limpos e automóveis menos poluentes. Apesar disso, a prefeitura municipal espera problemas e desafios quanto à poluição, nos próximos anos, por causa do crescimento populacional e econômico da cidade.

Vancouver possui mais edifícios per capita do que qualquer outra cidade na América do Norte. Porém, a grande maioria destes edifícios são de média elevação. A maior parte dos prédios de Vancouver possuem entre 90 e 130 metros de altura, com os arranha-céus mais altos chegando aos 150 metros, resultado de diversas restrições de altura existentes na cidade, que servem para proteger o cenário montanhosos existente em torno do município.

A cidade possui um clima quente, segundo os padrões canadenses, no inverno a temperatura chega aos 0,5ºC e no verão não passa os 22ºC. Vancouver possui uma reputação de ser uma cidade chuvosa. Apesar disso registra apenas 166 dias de chuva, sendo que 289 dias são ensolarados. Os invernos, porém, podem ser escuros, pois o céu da cidade durante esta estação muitas vezes fica coberta com nuves de baixa altitude. Vale lembrar que não neva por lá.

O turismo é vital para Vancouver. As atrações incluem as paisagens cênicas existentes em torno da cidade e os diversos parques, praias e jardins existentes, em especial, o Stanley Park. Diversos resorts de esqui estão localizados em montanhas próximas à Vancouver. Entre elas, está o Whostler-Blackcomb Resort, localizada a 126 quilômetros da cidade, e que sediará diversos eventos dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010.

Um outro nome de Vancouver é "Hollywood North" (Hollywood do Norte). Isto se deve ao fato que a cidade é cenário de aproximadamente 10% dos filmes de Hollywood. Muitas séries de televisão e filmes americanos são filmados exclusivamente em Vancouver, por diversos fatores: o câmbio favorável do dólar canadense; pelo fato de que a cidade está localizada no mesmo fuso horário de Los Angeles; e pelo fato de que a diversidade de aparências dos diferentes bairros de Vancouver, que pode fazer com que a cidade tenha aparência similar à de diversas outras cidades do mundo.

Por tudo isso vá ao Canadá, e não deixe de dar uma espiadinha em Vancouver.

Foto: DIVULGAÇÃO


    Compartilhe:


Mais imagens


publicidade