Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Atendimento do Bolsa Família passa a ser oferecido no Lagomar

Moradores relatam que antes, precisavam se deslocar para o bairro Ajuda ou Centro para serem atendidos

Em 16/03/2018 às 14h57


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

O atendimento será realizado toda quinta-feira, das 9h às 16h O atendimento será realizado toda quinta-feira, das 9h às 16h
Desde ontem (15) os moradores do Lagomar não precisam mais se deslocar do bairro em busca de atendimento referente aos Programas assistenciais, como Bolsa Família.  É que o atendimento específico para a população fazer a inscrição em programas sociais, além do Cadastro Único, agora pode ser feito na Escola Municipal Paulo Freire (Lagomar). 

De acordo com informações do órgão municipal, a ação será desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Acessibilidade e Direitos Humanos da Prefeitura de Macaé e o programa vai funcionar todas às quintas-feiras, de 9h às 16h.
Ainda segundo a Prefeitura, a Secretaria de Educação e a Escola Paulo Freire, além de diversos moradores do Lagomar, são protagonistas para a realização dessa atividade no bairro e a  prefeitura enviará seis funcionários para o novo polo e a expectativa é que atenda a cerca de 70 pessoas por semana. 

Por meio do órgão municipal, a gestora do Programa Bolsa Família, Camila Delfino, disse que, além do Cadastro Único e do Bolsa Família, a população também poderá contar com atendimento para tarifa social de energia; o Número de Identificação Social, que dá direito a todos os benefícios dos governos federal, estadual e municipal; o ID Jovem, que proporciona descontos em cinema, teatro, passagens e eventos esportivos e culturais para jovens, com idades entre 15 e 29 anos e o principal objetivo da iniciativa é facilitar o acesso da população do Lagomar aos direitos sociais. 

A Escola Municipal Paulo Freire se localiza na Avenida Sérgio Vieira de Mello, 1536/1582, e o telefone para contato é o (22) 2772-1876. Já a sede do Programa do Bolsa Família - para onde os moradores tinham que se deslocar fica na Travessa Ari Schueler Pimentel 25, Centro. Mais informações pelo telefone (22) 2759-0619. 

O Secretário da Associação de Moradores do bairro,  André Carvalho destaca a importância do atendimento no bairro. "Antes nós não contávamos com uma unidade do CRAS aqui e com isso, para fazer o cadastro do bolsa família, CADIUNICO e outros benefícios assistenciais, a população estava se locomovendo para o polo de atendimento da Ajuda ou do Centro. E agora com o atendimento aqui, uma vez por semana, várias famílias serão beneficiadas e não precisarão se locomover para áreas de abrangências. Apesar de que o correto seria a obra do CRAS - que está parada - ser concluída", disse o presidente. 

André destaca ainda que o Lagomar conta com um total de 500 mil famílias e aproximadamente 40 mil moradores e que, por isso, a conclusão da obra do CRAS é de fundamental importância. "Seria necessário a implantação de, no mínimo, duas unidades do CRAS aqui instaladas e funcionando dentro das normas de assistência vigentes", ressaltou. 

O CadÚnico reúne informações socioeconômicas das famílias brasileiras de baixa renda - aquelas com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Essas informações permitem ao governo conhecer as reais condições de vida da população e, a partir dessas informações, selecionar as famílias para diversos programas sociais. 

De acordo com o órgão municipal, atualmente existem 17.278 famílias inscritas no Cadastro Único em Macaé. Sendo 14.383 famílias com renda de até 1/2 salário mínimo (per capita do Cadastro Único). No Lagomar são 1.497 beneficiários do Bolsa Família. 

O Programa Bolsa Família (PBF) é um programa de transferência condicionada de renda que beneficia famílias pobres, e extremamente pobres, inscritas no Cadastro Único. 

Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Foto: Wanderley Gil


    Compartilhe:

Tags: cidade, social


publicidade