Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Problemas geram transtornos em área nobre

Moradores reclamam de calçadas, falta de manutenção e terrenos baldios no Cavaleiros

Em 12/01/2018 às 11h15


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Problemas geram transtornos em área nobre Problemas geram transtornos em área nobre
Apesar de ser considerado um dos endereços mais caros da cidade, o Cavaleiros apresenta alguns problemas de infraestrutura. Pelo menos é o que denuncia uma moradora da Rua Jorge Reid. Segundo ela, que pede sigilo do nome, a falta de fiscalização e manutenção tem resultado em vários problemas. 
"Percebo que não há fiscalização por parte dos órgãos públicos em Macaé, exceto quando se trata de multas de trânsito", relata a moradora. 

Um dos pontos levantados por ela é a questão das calçadas. Um problema que acontece em todo o município, afeta também as áreas nobres. A moradora conta que a acessibilidade das pessoas fica prejudicada por conta das condições do passeio.
"Tem trechos que não dão para passar porque as calçadas estão destruídas", relata. "É impossível o acesso de cadeirantes. A rua é pequena, mas dos dois lados, em um dos pontos, encontramos mato e terra ao invés de calçamento", conta.

Paralelo a isso, enquanto muito se fala sobre os riscos do Aedes aegypti, terrenos baldios se tornam criadouros para o mosquito. "Estão acumulando lixo no local. É possível encontrar pia, vaso sanitário, tudo jogado ao tempo. Objetos que podem contribuir com a proliferação do inseto", denuncia.

Preocupada, a moradora diz que já procurou os órgãos públicos. "Em outubro entrei em contato com a Ouvidoria e com as secretarias de Posturas, Obras e Fazenda. Procurei a prefeitura novamente essa semana e não sabiam me informar onde o processo estava. O funcionário informou que estava aguardando o espelho do IPTU para poder identificar o proprietário", diz.

Outra questão é segurança, tanto dos moradores, quanto dos frequentadores do bairro. "A iluminação pública está precária aqui na rua. As lâmpadas ficam escondidas pelos galhos das árvores, que precisam ser podadas", explica. "Para a troca das lâmpadas queimadas, a Enel me informou que devemos procurar a prefeitura, pois ela é responsável pelo serviço no município", enfatiza.

O que diz a prefeitura

Para a poda de árvore, a prefeitura explica que o solicitante deve se dirigir à secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, situada à Avenida Rui Barbosa, 1725/1º Piso, loja 26 - Alto dos Cajueiros, Macaé Shopping, portando o documento de identificação (ex.: RG, CNH etc) e comprovante de residência. Informações pelos telefones: (22) 2772-3571 / 2772-3597.

Em relação à troca de lâmpada, a Coordenadoria de Iluminação Pública informa que, recentemente, antes do Réveillon, foi feita a manutenção nas ruas dos bairros praia Campista e Cavaleiros. Periodicamente também é feita a ronda no local, principalmente, na estação do verão quando a frequência nesses bairros é maior.

Para solicitação de reparos na iluminação pública a população deve entrar em contato pelo número 156. O serviço funciona das 9h às 20h, de segunda a sexta-feira. A ligação é gratuita quando realizada de um telefone fixo. Também está disponível o número (22) 99979-5226, que funciona como atendimento de demandas via WhatsApp.

Quanto aos terrenos, a secretaria de Infraestrutura informou que solicitações, como retirada de entulhos, e reclamações devem ser realizadas pelo telefone (22) 2796-1235, ou pela Ouvidoria do município, por meio do site da prefeitura, no link intitulado Ouvidoria Geral. O contato também pode ser feito por telefone, no número 162 (ligação local e gratuita) ou no (22) 2772-6333. O atendimento ainda pode acontecer pessoalmente, na sede da Ouvidoria, que funciona no Centro Administrativo Luiz Osório, Av. Presidente Sodré, 466, primeiro andar. 

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Kaná Manhães


    Compartilhe:

Tags: cidade


publicidade