Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Evento marca comemoração do Outubro Rosa

Atividades promovidas pelo Polo Oncológico com a participação de profissionais e alunos da UFRJ aconteceram na última sexta-feira

Em 11/10/2017 às 11h02


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

A programação contou com diversas atividades e um lanche solidário A programação contou com diversas atividades e um lanche solidário
Neste mês, em todo país, comemora-se o "Outubro Rosa" - uma campanha internacional que tem como finalidade promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama. A doença é considerada o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, e respondendo por cerca de 25% dos casos novos a cada ano, o câncer de mama está cada vez mais presente. 

Em Macaé, umas das atividades realizadas em comemoração ao movimento aconteceu na última sexta-feira (5) no Polo Oncológico. De acordo com profissionais que promoveram a iniciativa, a programação contou com um "café da tarde" e teve a participação de pacientes atendidos pelo Polo e seus acompanhantes. 

As atividades contaram também com a participação de alunos do Curso de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Campus Macaé Professor Aloísio Teixeira sob a coordenação da professora Célia Ferreira. De acordo com a docente, os alunos fizeram uma roda de conversa sobre "Mitos e Verdades" sobre alimentação e prevenção do câncer . 
Já em seguida a coordenadora do Polo, Ana Terra falou sobre a importância da prevenção ao câncer de mama, e também o de colo de útero, uma vez que o número de casos novos, segundo informações, têm aumentado na região. 

"Os alunos do 7º período do Curso de Nutrição da UFRJ (Macaé), sob coordenação da Profª Luana Monteiro, realizaram posteriormente uma dinâmica sobre autoestima, reforçando a papel da alimentação saudável no autocuidado e no tratamento de inúmeras doenças. A assistente social Margareth salientou que todas as mulheres devem aumentar sua autoestima como forma de combater a doença", disse a professora Célia.

Ainda segundo a docente, no intervalo todos puderam saborear o lanche solidário, composto de frutas, sucos naturais e bolo caseiro, em que foi enfatizado a relevância de um maior consumo de alimentos saudáveis em detrimento de alimentos industrializados. "Logo após houve uma encenação "o rico e o pobre", mostrando que a doença é universal, podendo acometer qualquer pessoa, independente de sua situação econômica e que a empatia e solidariedade são fundamentais para o sucesso do tratamento. Todos os profissionais do Polo atuaram intensamente na organização e desenvolvimento do evento, que foi elogiado por todos os participantes, professores e alunos envolvidos", ressaltou a professora.  

De acordo com Taissa Pereira de Araúlo, nutricionista do Polo Municipal de Oncologia, o evento atendeu as expectativas dos organizadores. "Tivemos a participação de mais de 50  pessoas, palestras sobre nutrição com as alunas da UFRJ, palestra sobre câncer do colo de útero, com a Coordenadora do Polo, Ana Terra e também uma apresentação de teatro  com atrizes que são parentes das pacientes oncológicas e se disponibilizaram a fazer a enquete.



Tivemos a participação dos profissionais do Polo: assistente social Margareth; psicológa Giovana; fisioterapeutas Fabrine, Fabricia e Sandro, assistentes administrativas Ivana e Miriã; técnica de enfermagem Meire; equipe de apoio Irani e Antônio. médico clínico geral Dr Carlos e a coordenadora Ana Terra. Todos ajudaram muito e fizeram uma tarde muito especial. Tivemos uma colaboração do Hortifruti que fez a doação de sucos e frutas para o lanche. Só temos a agradecer a todos que contribuiram", disse a nutricionista. 

Autor: Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: economia


publicidade