Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Arte, risos e amor ao próximo

O Stand Up Comedy Solidário vai rolar no próximo domingo (23), beneficente ao tratamento do bebê André, que tem Atrofia Muscular Espinhal e necessita de medicamento que custa cerca de 3 milhões de Rea

Em 20/04/2017 às 11h02


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte



Uma noite repleta de arte, talento e muita solidariedade marca o próximo domingo (23) e ganha evidência na cidade. Trata-se do Stand Up Comedy Solidário, espétáculo que vai rolar nos palcos do Teatro Municipal de Macaé, com toda renda revertida para o tratamento do bebê André Arndt de Godoi, de 8 meses, que tem Atrofia Muscular Espinhal (Ame) e necessita com urgência de um tratamento só disponível nos Estados Unidos, que custa cerca de 3 milhões de Reais. 

O espetáculo, que terá início às 19h30, conta com a participação dos comediantes Marcelo Marrom, Dinho Machado e Cauê Marrom que se apresentam no Teatro Municipal de Macaé, às 19h30 de domingo (23). Toda a renda do espetáculo será revertida para o tratamento do bebê André Arndt de Godoi, de 8 meses, que tem Atrofia Muscular Espinhal (Ame) e cujo remédio custa cerca de 3 milhões de Reais.

Os ingressos, no valor de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia), estão sendo vendidos na OAB-RJ, seccional Macaé, Código Girls (Shopping Plaza Macaé), Fórum e MR Cópias.

Serviço:

Stand Up Comedy Solidário, espétáculo beneficente ao tratamento do bebê André Arndt de Godoi
Data: 23 de abril
Local: Teatro Municipal de Macaé 
Horário: às 19h30

Bebê André

O bebê André Arndt de Godoi foi diagnosticado, aos quatro meses, com a Atrofia Muscular Espinhar tipo 1 (Ame) ou Síndrome de Werdnig-Hoffman. A doença, degenerativa e genética, causa fraqueza muscular grave e progressiva - afetando a coordenação motora e causando dificuldades respiratórias, de deglutição e sucção.

A expectativa de vida de uma criança com Ame é de até dois anos, porém em dezembro do ano passado, surgiu um medicamento que pode salvar a vida desse pequeno. O Spiranza é comercializado no exterior e sua dose sai a US$ 174 mil. Para que seja curado, o André precisa tomar seis, totalizando quase 3 milhões de Reais.

Recentemente, ele teve uma parada cardiorrespiratória e por isso ele usa traqueostomia para respirar e gastrostomia para se alimentar. Os pais do menino querem importar o medicamento para que o menino possa tomar, o valor necessário é de 3 milhões de reais para as 6 primeiras doses, ou seja, tratamento para um ano. 

Veja a matéria completa na edição digital

Autor: Isis Maria Borges Gomes isismaria@odebateon.com.b

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: entretenimento


publicidade